HERPES ZOSTER

Apesar do nome, não tem nada a ver com vírus do herpes simplex. Sua denominação correta é "Varicela-Zoster", também conhecido por "cobreiro". Sua origem vem da infecção, normalmente na infância, por catapora ou Varicela. Após a infecção, além de formar anticorpos contra esse vírus, o organismo os "retém" em algum gânglio nervoso. Como criamos anticorpos, os vírus não conseguem sair e os anticorpos não podem entrar, ficando, portanto, em estado latente, esperando a chance de sair e voltar a infectar o nosso corpo. Isto acontece quando existe uma baixa de imunidade, fazendo que haja um "relaxamento" na proteção mediada pelos anticorpos. Eles (vírus), então saem do gânglio através do nervo a que o gânglio está conectado, provocando as lesões características ao longo do seu trajeto. Imediatamente, os anticorpos começam a tentar combate-los provocando uma nevralgia que pode ser mais ou menos intensa. Muitas vezes essa nevralgia inicia-se antes do aparecimento das lesões, o que pode dificultar o diagnóstico. É muito importante que o tratamento se inicie o mais rápido possível, para evitar que a nevralgia se transforme em uma neurite pós herpética, que pode durar muito tempo.