Notícias

11
dez


Vitiligo: Entenda mais sobre a doença que afeta 1,5 milhão de brasileiros

Vitiligo: Entenda mais sobre a doença que afeta 1,5 milhão de brasileiros

Apesar de afetar tantas pessoas – 1,5 milhão de brasileiros e 1% da população mundial – pouco se fala ou se sabe sobre o vitiligo – doença que acomete Segundo o especialista em dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), a doença tem várias hipóteses diagnósticas para sua origem, mas nenhuma conclusiva.

“Não há predileção por sexo ou idade, podendo atingir qualquer parte do corpo, mas com preferência pelas extremidades e periorificiais, como boca e genitais”.

O diagnóstico é essencialmente clínico e não há cura definitiva para o vitiligo. Pode desaparecer totalmente, da mesma maneira que apareceu, pois está muito relacionada ao stress e traumatismos, por exemplo, se a pessoa se machuca ou sofre uma intervenção cirúrgica, pode surgir, na cicatriz, uma mancha de vitiligo.

Dr. Cesar comenta que os tratamentos têm o objetivo de repigmentar a pele utilizando várias substâncias, por exemplo, os furocumarínicos, de origem natural, que aumentam a sensibilidade da pele à radiação ultravioleta, seguido da exposição à mesma. A luz pulsada também é utilizada e outros tantos experimentos para que se identifique uma solução mais eficaz.

“Existe, ainda, a possibilidade de despigmentar totalmente a pele com a utilização de derivados da Hidroquinona (um despigmentante químico) muito usado quando a área branca é extensa”.

Postado por Dr. Cesar Cuono

em Doenças, Prevenção, Vitiligo

LEIA TAMBÉM...

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

FACEBOOK