Notícias

08
abr


A pele negra - Características e cuidados

A pele negra – Características e cuidados

A pele negra, ao contrário do que se pensa, não apresenta uma quantidade maior de Melanócitos por mm², mas sim uma maior capacidade de produção de Melanina, o pigmento responsável pela proteção da nossa pele ao sol. Assim sendo, estão naturalmente mais protegidos contra os danos causados pela radiação Ultravioleta e, consequentemente, menos sujeitos aos efeitos do temível fotoenvelhecimento.

Por outro lado, apresentam uma maior probabilidade do aparecimento de manchas hipercrômicas (escuras), justamente por essa maior capacidade de produção de pigmentos. Tanto quanto as manchas hipercrômicas, também se mostram mais evidentes as hipo e acromias, que seriam as descolorações da pele, por apresentarem um maior contraste com a sua cor original.

Um outro fator que é característico da pele negra é a peculiaridade de seus pelos, naturalmente grossos, secos, ondulados, espiralados e curtos, o que pode acarretar na formação de foliculites em quase todos os locais de depilação. É bom pensar em depilação a LASER.

A pele seca é outra característica da pele negra, o que nos leva à utilização de óleos para banho e cremes hidratantes. É importante ter mais cuidado com ferimentos, pois há uma maior probabilidade de formação de queloides e em contra-partida, menor chance de celulite. Além disso, a pele negra mantém sua beleza natural por muito mais tempo.

Postado por Dr. Cesar Cuono

em Dicas, Prevenção

LEIA TAMBÉM...

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

FACEBOOK